Como fazer um bom curriculum vitae

0
111

É muito importante que você tenha em mente que um currículo nada mais é que sua carta de entrada para a empresa que você deseja estar ingressando e fazer parte. Por esse motivo é de extrema importância que pesquise muito bem antes de assumir qualquer modelo simples por ai e que pode acabar comprometendo todo seu esforço e dedicação. Por esse motivo é importante que você aprenda a como fazer um bom curriculum vitae.

Quando se diz que precisa montar algum tipo de currículo vitae, é preciso que você saiba que existem uma série de regras e dicas que tem como objetivo diferenciar seu currículo dos demais candidatos a vaga, sempre destacando suas qualidades profissionais e pessoais para chamar ainda mais a atenção do recrutador. Muito antes de você parar e começar montar seu currículo, é importante que você faça um balanço geral de toda sua vida profissional e formações de sua carreira, podendo assim, identificar com mais eficiência todos seus pontos fortes para estar resumindo. E sempre é bom lembrar, que no momento em que você estiver digitando seu currículo, mantenha a calma e leia varias vezes após termina-lo para que uma virgula ou falta de acento não venha te prejudicar.

Nunca se esqueça de colocar seus dados pessoais no início do currículo

Como fazer um bom curriculum vitae
Nunca se esqueça de colocar seus dados pessoais no início do currículo (Foto: Divulgação)

Pode até parecer brincadeira, mas infelizmente não é. Existem muitos casos onde a pessoas por estarem tão apressadas e não acabarem prestando atenção, acaba se esquecendo do ponto mais importante em um documento: QUEM É VOCÊ?

Por mais que pareça estranho alguém fazer isso, isso acontece e muito. Seus dados é o ponto mais importante em um currículo, pois a partir dele, caso você seja selecionado por ter experiências e qualidades que chamem a atenção do recrutador será impossível contatá-lo se não tiver um telefone para contato ou e-mail.

Então, nesse primeiro momento, é preciso que você coloque todos seus dados, como: Nome completo, idade, endereço, cidade, estado civil, telefone para contato (em caso de mais que um número, coloque em ordem do mais fácil de te encontrar até o mais improvável) e um e-mail que tenha acesso, e de preferencia um e-mail profissional, mesmo que tenha que fazer um novo é melhor para uma primeira impressão.

Seja direto com o recrutador

Seja direto com o recrutador
Seja direto com o recrutador (Foto: Divulgação)

É muito importante que você seja direto e vá logo ao ponto logo no início de seu curriculum vitae, dizendo qual vaga tenha te chamado a atenção ou qual a área desejada. Nunca fale mais de uma vaga ou área, pois isso pode acabar dando a impressão de que você é um possível candidato sem foco, que “atira para todos os lados”.

Seja o mais seletivo possível, incluindo apenas o que for necessário.

Seja o mais seletivo possível, incluindo apenas o que for necessário.
Seja o mais seletivo possível, incluindo apenas o que for necessário. (Foto: Divulgação)

Esse é ponto em que você realmente precisa ser seletivo, pois é sempre bom lembrar que o tempo médio que um recrutador leva para estar avaliando um currículo é de 45 segundos. Por esse motivo é importante que você se concentre nas informações que você julga ser mais importante sobre você e sobre toda sua carreira e todos os pontos que podem te diferenciar e capacitar ainda mais para conquistar a vaga em questão.

No momento em que dissemos para você que deve ser o mais direto possível, referíamos no caso de você estar se candidatando para uma vaga de assistente financeiro, não é preciso que você coloque sua experiência ou curso que tenha como assistência técnica de impressoras, pois não faz sentido algum. Imagine também, se você esta com seus 35 anos e está concorrendo a uma vaga de gerente comercial, não é preciso que você cite uma experiência como office-boy aos 15 anos.

Consegue perceber que o quanto mais direto possível que você consiga ser, melhor para você? Chega a ser agradável até aos olhos ler coisas com mais objetividade, então use esse fator a favor de você.

Uma boa apresentação conta muitos pontos

Como fazer um bom curriculum vitae
Uma boa apresentação conta muitos pontos (Foto: Divulgação)

Mesmo sendo claro que o conteúdo sempre falará mais alto, uma boa apresentação do currículo conta muitos pontos a favor do candidato. Um belo currículo, bem apresentável, muito bem organizado e impresso em um papel de qualidade, pode vir a transmitir a ideia de que você é um profissional diferenciado podendo dar uma chance para a vaga. É importante lembrar também, que nunca se deve imprimir um currículo frente e verso.

Cuidado com erros da gramática

Como fazer um bom curriculum vitae
Cuidado com erros da gramática (Foto: Divulgação)

Pode parecer bobagem, mas existem muitos casos de que a pessoa é um excelente profissional e que tem um excelente currículo, mas por alguns erros imperdoáveis de gramática acaba perdendo a chance de fazer parte da empresa por apenas um descuido. Por isso é muito importante o que dissemos no começo desse artigo, que é indispensável revisar todo o currículo após estar pronto e se achar necessário, pode até mostrar para algum conhecido para que possa estar revisando também, para que todos os erros que não foram vistos enquanto você digitava, com mais calma, possam ser achados e corrigidos da melhor maneira.

Esperamos que com algumas dessas dicas que te damos, você possa realmente se organizar a como fazer um bom curriculum vitae com os melhores requisitos para serem preenchidos e desejamos uma boa sorte.

Conheça outros artigos relacionados:

Camila Silva
Últimos posts por Camila Silva (exibir todos)