Como fazer currículo PCD

0
83

Você que possui uma vida brilhante e precisa trabalha, mas não sabe como fazer currículo PCD, hoje iremos te explicar sobre PCD e qual a melhor maneira de montar seu currículo.

Para montar um currículo para alguém que tenha alguma deficiência não é tão complicado assim, pois a organização ainda é a mesma tanto que existe alguns que preferem nem colocar qual a sua deficiência, mas é importante que seja mencionado no currículo sim pois em muitas empresas é autorizados terem pessoas com deficiência e acabam te contratando para fazer parte do time também, por isso iremos te ensinar qual deve ser o momento correto para adicionar essas informações.

Comece falando sobre seus dados pessoais

Comece falando sobre seus dados pessoais
Comece falando sobre seus dados pessoais (Foto: Divulgação)

Algumas pessoas já preferem mencionar sua deficiência logo no inicio do currículo, ai fica ao seu critério, porem nesse lugar é o momento de falar sobre suas informações como nome completo, endereço, telefone, celular, e-mail e idade e estado civil. Se no caso você tenha filhos, é importante colocar sim e a idade deles. Nunca coloque numero de documento pois isso é informação para ser resolvido no momento da contratação, e não no primeiro contato com a empresa.

Deixe muito claro quais são seus objetivos

Deixe muito claro quais são seus objetivos
Deixe muito claro quais são seus objetivos (Foto: Divulgação)

De maneira direta, você irá colocar qual é o cargo e a vaga em que deseja se candidatar. Caso você não seja um profissional com muita experiência, aqui deve ser o momento que você fale que esta procurando uma oportunidade de emprego e que gostaria muito de estar trabalhando em determinada empresa. Nesse momento, você pode estar colocando seu estado físico caso não tenha adicionado essa informação anteriormente.

Nunca entregue um currículo com capa

Se você tem esse costume por conta de trabalhos escolares ou da faculdade, esqueça. Esse é o momento de você ser a pessoa mais direta também na apresentação de seu currículo. Faça apenas um resumo muito bem feito de sua vida profissional que caiba em apenas uma folha. Em casos que a carreira profissional é longa, no máximo duas folhas é aceitável.

Resumo sim, biografia não!

Resumo sim, biografia não!
Resumo sim, biografia não! (Foto: Divulgação)

É muito natural encontrar recrutadores reclamando sobre certos currículos que parecem livros. Isso acontece porque muitas pessoas tem a leve sensação de que quanto maior for melhor será, mas estão totalmente enganados. Você tem que se lembra, que o tempo médio para que um recrutador demonstre interesse pelo seu perfil é de 48 segundos, se nesse tempo ele não tiver nem vontade de continuar lendo, pronto perdeu sua vez. Em casos que o profissional tem uma carreira longa, a dica que damos é que monte um segundo currículo para que se caso seja chamado para a entrevista apresente no dia. Mas o mais importante é que você faça uma breve pesquisa sobre a empresa e fique por dentro sobre todos os modos, dicas e informações para encaminhamento dos currículos. Estude!

Como falar sobre minhas experiências?

O passo seguinte é onde você irá falar sobre suas experiências profissionais, sendo um dos momentos mais delicados de um currículo, precisando falar de maneira também direta sobre todas as empresas que você passou, em qual cargo tenha trabalhado e por quanto tempo. Em caso de mais de 3 empregos anteriores, fale de apenas 3 sendo em ordem do mais recente até o mais antigo.

Faça anos de escola valer a pena!

Como fazer currículo PCD
Faça anos de escola valer a pena! (Foto: Divulgação)

Esse é o momento em que você irá falar sobre sua formação acadêmica e se fez algum curso superior, ira menciona-lo também. Portanto você ira dizer qual seu nível de escolaridade, onde concluiu e em qual instituição, no caso de faculdade, é o mesmo esquema porém irá mencionar qual curso prestou. Também poderá mencionar sobre cursos extracurriculares que tenha feito que possa ser útil para a vaga em que esta se candidatando.

Fale sobre os idiomas que você sabe

Como fazer currículo PCD
Fale sobre os idiomas que você sabe ( Foto: Divulgação)

Nesse momento você irá dizer sobre todos os idiomas que tem dominância ou que tem uma pequena base. Mas nunca minta, pois em um processo seletivo acirrado, é muito comum alguns recrutadores fazer alguns tipos de testes pessoalmente e sem marcar horário para saber o quão fluente você é.

Feito todo esse processo, relendo e verificando que está tudo ok, caso que você sinta necessidade, poderá estar adicionando ao seu currículo um laudo medico indicando que é sua deficiência, mas se achar necessário apenas conversar com o recrutador, faça o que sentir mais a vontade.

Conheça artigos com conteúdo semelhante:

Camila Silva
Últimos posts por Camila Silva (exibir todos)